segunda-feira, 9 de julho de 2012

Na diferença podemos aprender.

Para alguns o ponto alto do final de semana foi a disputa do cinturão do UFC entre o nosso Anderson Silva e o americano Chael Sonnen, seu desafiador. O Aranha defendeu pela décima vez seu título de campeão da categoria e após o primeiro "round", que perdeu por 10 a 9, pois acabou levando uma queda, teve a guarda passada e ainda sofreu uma montada do americano, demonstrou, em poucos segundos do segundo "round", que não estava para brincadeira. Após uma bela esquiva, que levou seu oponente ao chão, distribuiu uma joelhada certeira e uma sequência de socos que lhe renderam mais um nocaute técnico em sua carreira e a consequente manutenção do título. Para outros o ponto alto do final de semana foi o início da campanha eleitoral. 

Ainda na sexta feira, recebi telefonemas de alguns companheiros do PMDB de São Pedro da Aldeia que pediam ajuda para resolver uma questão da burocracia interna do partido naquele município. Lamentavelmente, por mais que eu tenha tentado, a solução não estava ao meu alcance. Quando o candidato majoritário da coligação me ligou e explicou realmente qual era o assunto, percebí que todo o esforço para se ter uma nominata boa de vereadores tinha sido em vão em função da posição egoísta de um vereador que se locupletou do fraco governo aldeense e que desejava uma coligação com o PT onde só ele sairia como candidato do PMDB. Nunca ví uma estratégia tão burra como essa, pois o vereador encheu tanto o saco de todo mundo, que o partido acabou não renovando sua executiva tempestivamente e agora está dependendo de uma intervenção para lançar seus candidatos. Esse é um grande exemplo de uma atitude irresponsável de um político que trai, que usa a coisa pública para o seu próprio beneficio e que tripudia o coletivo na certeza de que ele é melhor do que todos. Pelo bem dos filiados do PMDB de São Pedro e pelo bem dos demais candidatos espero que tudo se resolva.

Em saquarema, Altair Ferreira dos Santos, assessor do deputado Paulo Melo há 20 anos, foi preso por ter sequestrado um neném recém nascido. Logo que o deputado teve conhecimento da situação mandou exonerar o assessor, cuja função era atender seu eleitorado, "intermediando, por exemplo, pedidos de assistência médica". Nesse caso em questão, que não tem relação nenhuma com aquele outro do DETRAN, o sequestrador era super conhecido em saquarema, já tinha sido candidato a vereador, foi presidente do centro social do parlamentar e trabalhou com a mulher do deputado, a prefeita Franciane Motta. Segundo uma nota de esclarecimento o Deputado Paulo Melo “está extremamente decepcionado com o ato que considera insano, covarde e brutal” e espera que “a Justiça atue com o rigor da lei”. Não seria prá menos, o Deputado conta com a minha solidariedade, afinal, dormir com o inimigo é mais comum do que parece e eu sei bem o que é isso.

Bom, nem tudo é perfeito, enquanto uns elogiam outros criticam, enquanto uns aprovam outros desaprovam, mas assim é a vida e assim segue a humanidade. O bom mesmo é sermos livres e podermos fazer nossas escolhas. Na democracia o contraditório é fundamental e a liberdade de expressão também. Assim, tenho certeza que devemos aprender com nossos erros e devemos estar sempre prontos a aceitar aquilo que entendemos ser diferente, pois na diferença podemos aprender muito. A tolerância pode ser um passaporte para novos momentos e esperar não faz mal a ninguém, o jogo só começou. Quando queremos, tudo é possível, não vamos jogar nosso tempo fora, vamos canalizar nossa energia e buscar dias melhores para todos nós, vamos transformar o ódio em amor e continuar nessa incessante busca por uma sociedade mais justa e equilibrada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário